DICAS PARA HOMENS QUE SOFREM NA HORA H

A impotência, também conhecida como disfunção erétil, é um problema sexual comum que afeta milhões de homens em todo o mundo. Homens que sofrem de impotência enfrentam uma incapacidade consistente de alcançar ou manter uma ereção suficiente para completar a relação sexual. A impotência é tratável e os homens que sofrem dessa condição podem levar uma vida sexual normal. Dependendo da causa da impotência, os especialistas médicos definiram 6 tipos de impotência. Isso ajuda os médicos a formar um diagnóstico correto e sugerir a melhor linha de tratamento.

Impotência arteriogênica

A impotência arteriogênica ocorre quando as artérias que fornecem sangue ao pênis se tornam estreitas. O pênis, portanto, não é capaz de receber sangue suficiente necessário para a ereção. A impotência arteriogênica é notada mais em pessoas idosas, especialmente aquelas que sofrem de diabetes ou pressão alta. Os ciclistas também podem relatar esse tipo de impotência, pois freqüentemente sustentam o atrito na região arterial, o que causa uma formação semelhante a um coágulo na artéria.

Impotência endocrinológica

Também conhecida como impotência hormonal, a impotência endocrinológica ocorre devido ao desequilíbrio ou insuficiência de hormônios sexuais – testosterona e estrogênio – na corrente sanguínea. É responsável por quase 5 a 10% de toda a impotência orgânica.

Impotência do diabetes mellitus

A impotência é muito comum entre os diabéticos. De fato, cerca de 50% de todos os diabéticos são pacientes de impotência masculina. Homens que sofrem de impotência diabética devem fazer esforços para controlar seus níveis de açúcar no sangue, alterando seu estilo de vida e hábitos alimentares e também devem monitorar seus níveis de açúcar no sangue mensalmente.

Impotência neurogênica

O suprimento nervoso do pênis é muito delicado e complicado. A ereção é alcançada ou mantida por causa dos impulsos conduzidos ao longo dos nervos no pênis; desde então, eles controlam as artérias e veias, que alteram o fluxo sanguíneo no pênis. Uma lesão nas costas, especialmente as que envolvem a coluna vertebral e a medula espinhal ou outros nervos relacionados ao pênis, além de lesões a outros nervos no pênis também podem causar impotência neurogênica. Como resultado, cirurgias na próstata do reto, uretra, coluna vertebral e bexiga podem ser realizadas para ajudar a tratar a impotência.

Impotência psicogênica

A impotência também pode ocorrer por razões psicológicas. Homens que sofrem de impotência psicogênica não têm nenhum dos problemas físicos que de outra forma causam impotência. Depressão, estresse e problemas de relacionamento são alguns dos fatores que podem causar impotência psicogênica.

Impotência venogênica

Durante a ereção, as veias se fecham quase totalmente para impedir que o sangue saia do pênis. No entanto, em alguns homens, as veias vazam sangue e, por esse motivo, o pênis não consegue manter uma ereção, causando impotência venogênica. Esse tipo de impotência também é bastante comum e responde por quase 30-70% de todos os casos de impotência.

Como o Libid Gel ajuda a tratar a impotência 

O Viagra é o primeiro e o mais bem sucedido medicamento para tratamento da impotência no mercado, aprovado pelo FDA em 1998. O ingrediente ativo do Viagra, chamado sildenafil, pertence à classe de medicamentos chamados inibidores da PDE5. A ação deste inibidor de PDE5 relaxa os músculos lisos do pênis, para que mais sangue possa penetrar no pênis, causando uma ereção firme. O Viagra também impede o funcionamento das enzimas responsáveis ​​pela quebra de uma ereção; ajuda um homem a manter uma ereção por tempo suficiente para completar a atividade sexual. O Viagra se torna eficaz em cerca de 60 minutos e seu efeito permanece por até 4 horas, proporcionando tempo suficiente para a atividade sexual.